Solau do amanhecer

Que seja bonito e que seja doloroso
Que seja paixão e que seja despedida
Que seja como o amor, que nos enche e esvazia.
Nos enche de alegria por ser bom
Nos enche de tristeza por ser breve.

Que seja como o nascer e o pôr do sol
Tão triste e tão bonito
Tão dia e tão noite
Tão breve e cheio de saudade.
Que seja tão perto e que seja tão longe

Que seja como a noite, mas que tenha estrelas.
Que seja pequeno, que seja grande.
Que seja como arte,
às vezes triste e bonito.
Que vá e que volte.
Que seja tudo, mas tenha equilíbrio.

Pois amor é como o pôr do sol,
tão grande e tão breve.
Que  vai, mas sempre volta.
E se não entendes que a beleza está no equilíbrio da tristeza e da alegria,
torna-te namorado da vida e será eternamente triste e alegre.

Por Erik Carvalho, Cornélio Procópio - PR 25/03/2017.
Por Erik Carvalho, Cornélio Procópio – PR
25/03/2017.
4 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *